sexta-feira, 22 de maio de 2009

ATABAQUE
Atabaque (ou Tabaque) é um instrumento musical de percussão. O nome é de origem árabe: at-tabaq (prato). Constitui-se de um tambor cilíndrico ou ligeiramente cônico, com uma das bocas cobertas de couro de boi, veado ou bode. É tocado com as mãos, com duas baquetas, ou por vezes com uma mão e uma baqueta, dependendo do ritmo e do tambor que está sendo tocado. Pode ser usado em kits de percussão em ritmos brasileiros, tais como o samba e o axé music.
CAXIXI
O caxixi é instrumento idiofone do tipo chocalho, de origem africana. É um pequeno cesto de palha trançada, em forma de campânula, pode ter vários tamanhos e ser simples, duplo ou triplo; a abertura é fechada por uma rodela de cabaça. Tem uma alça no vértice. Possui pedaços de acrílico, arroz ou sementes de Tinquim secas no interior para fazê-lo soar. É usado principalmente como complemento do berimbau. A mão direita que segura a vareta entre o polegar e o indicador, segura também o Caxixi, com o médio e o anular, Desta maneira, cada pancada da vareta sobre a corda é acompranhada pelo som seco e vegetal do Caxixi.
CHIMBAL
O chimbal (português brasileiro) ou prato de choque (português europeu) é um dos pratos da bateria que, assim como o ride, tem a função de conduzir o
ritmo. Também é conhecido no termo original em inglês hi-hat. Basicamente, consiste em dois pratos montados face-a-face em um pedestal, equipado com dispositivo de pedal. Podem ser aproximados ou separados ao se acionar ou aliviar o pedal, respectivamente. Podem ser tocados com baquetas ou vassourinhas, com os pratos fechados, durante a abertura ou abertos, ou ainda acionando o pedal para trazer os pratos juntos de forma vigorosa. O prato de baixo geralmente é mais pesado que o de cima, garantindo um som preciso de ambos, mas não é regra. É importante também que o volume do chimbal (ou pratos de choque) esteja balanceado com o volume da caixa e do bumbo. Isso para ter-se um som mais agradável e definido.
CHOCALHO
Chocalho é o nome genérico para vários instrumentos musicais, mais precisamente idiofones de agitamento, que consistem num recipiente oco que contém pequenos objectos no seu interior. Entre os instrumentos que se podem considerar como chocalhos temos o chocalho (propriamente dito), as maracas, o ganzá, o caxixi, o xique-xique, etc. O chocalho, propriamente dito, consiste num cilindro comprido oco, geralmente de metal, com objectos no seu interior (conchinhas, missangas, sementes, etc.). O nome em inglês é shaker, e é também com esse nome que o instrumento é conhecido em Portugal. O som é produzido agitando o instrumento, de modo que os objectos no seu interior choquem com as paredes internas. Muito usado em samba e bossa nova e em festas populares brasileiras, como o carnaval brasileiro. A partir da década de 1950, começou a ser muito difundido em conjuntos musicais. Os chocalhos pode ser confecciondos artesanalmente, com latas e pedras.
GANZÁ
Ganzá é um instrumento musical de percussão utilizado no samba e outros ritmos brasileiros. O ganzá é classificado como um idiofone executado por agitação. É um tipo de chocalho, geralmente feito de um tubo de metal ou plástico em formato cilíndrico, preenchido com areia, grãos de cereais ou pequenas contas. O comprimento do tubo pode variar de quinze até mais de 50 centímetros. Os tubos podem ser duplos ou até triplos.
METALOFONE
Metalofone é o nome genérico para vários instrumentos musicais, mais precisamente idiofones percutidos, que consistem em várias lâminas de metal dispostas cromaticamente. Entre os instrumentos que se podem considerar como metalofones temos o metalofone (propriamente dito), o vibrafone, a celesta, o glockenspiel, o xilofone de brinquedo, etc. O metalofone propriamente dito é um instrumento com lâminas feitas de metal, dispostas como as teclas de um piano, com ou sem ressoadores, e com um abafador de pedal. As baquetas em geral apresentam cabeças duras em madeira, borracha ou metal, conforme o efeito desejado.
PRATOS
Prato ou címbalo é o nome genérico atribuído a vários instrumentos musicais de percussão, construídos a partir de uma
liga de metal, geralmente, à base de bronze, cobre e/ou prata. Podem ser percutidos com um par de bastões chamados de baquetas, ou golpeando-se cada um dos pratos contra o outro, deixando-os depois vibrar livremente, ou ainda abafando a vibração imediatamente após o impacto, de acordo com o efeito desejado.
RECO-RECO
Reco-reco é um termo genérico dos instrumentos idiófonos que produzem som por raspagem. A forma mais comum é constituída de um gomo de bambu ou uma pequena ripa de madeira com talhos transversais. A raspagem de um pauzinho sobre os talhos produz o som. Também chamado de raspador, caracaxá ou querequexé. Outra modalidade é o amelê baiano, constituído de uma pequena caixa de madeira com uma mola de aço estendida; a mola é friccionada por tampinhas de garrafa enfiadas em uma vareta de ferro.
SINO
Um sino é um dispositivo de som produzido simples. O sino é um instrumento de percussão e um idiofone. Sua forma é geralmente um cone oco ampliável que ressoa em cima ao ser golpeado. O instrumento impressionante pode ser uma lingüeta suspendida dentro do sino, sabido como uma válvula (também usam-se os nomes "badalo" para a lingüeta interna, ou "martelo", quando é uma peça que toque o sino por fora), de uma esfera pequena, livre incluída dentro do corpo do sino, ou de um malho separado.
SINOS TUBULARES
Os sinos tubulares , também chamado de carrilhão de orquestra é um instrumento musical da família da percussão. Ele é formado por cilindros de metal de 30 a 38 milímetros de diâmetro, afinados de acordo com a variação comprimento de cada um. Os tubos são dispostos verticalmente lado a lado em uma seqüência cromática de uma oitava e meia, indo do Dó5 ao Fá6. Existem versões com extensão até o Fá4, mas estes são muito pesados e raramente são usados. Os tubos do carrilhão de orquestra são percutidos na parte de cima com pequenos martelos, geralmente com cabeça de plástico. O som se assemelha ao dos pesados sinos, como se pode ouvir na Symphonie Fantastique de Berlioz e na 1812 Overture de Tchaikovsky, dentre outras obras.
TAMBOR DE AÇO
O tambor de aço (steel drum em inglês) é um instrumento musical de percussão originário de Trinidad e Tobago. É constituído por um cilindro feito de aço, com o fundo moldado em concavidades de diferentes tamanhos. Cada cilindro emite uma nota diferente e são afinados cromaticamente (embora alguns tambores de aço possam eventualmente ter afinação diatônica). O instrumento é tocado golpeando-se as concavidades com baquetas revestidas de borracha ou feltro. Originalmente tocado no carnaval na América Central e Caribe, seu timbre metálico peculiar encanta diversos músicos de jazz, género em que o tambor de aço tem ganhado espaço. Em alguns países, os tambores de aço têm sido muito utilizados em músicas infantis.
XEQUERÊ
Xequerê em português, Shekere em inglês e Sekere na ortografia Yoruba, é um instrumento musical de percussão da África, consiste de uma cabaça seca cortada em uma das extremidades e envolta por uma rede de contas. Ao longo de todo o continente africano é chamado de diferentes nomes, como o lilolo, axatse (Gana), e chequere. É predominantemente chamado shekere na Nigéria. O Xequerê é feito de pequenas cabaças que crescem no campo. A forma da cabaça determina o som do instrumento. Um Xequerê é feito por secagem da cabaça, por vários meses, em seguida, a remoção da polpa e sementes. O Xequerê é agitado quando é tocado.

Um comentário:

  1. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

    VENDE DE TUDO

    CHOCALHO
    ...
    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=chocalho&IDCategoria=110

    BEBÊ INFANTIL
    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110

    VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS

    ResponderExcluir